quinta-feira, 30 de abril de 2009

A MARAVILHA DA INCERTEZA.

Tendemos naturalmente a ser tão lógicos e previdentes que encaramos a incerteza como algo negativo. Achamos que temos sempre que atingir um fim determinado; mas não é assim na vida espiritual. Na vida espiritual vivemos seguros em nossa incerteza, e por causa disso não nos fixamos em nada. O bom senso diz; ¨Bem suponhamos que eu estivesse em tal situação...¨Mas é impossível nos imaginarmos numa situação em que nunca tenhamos estado.

A certeza é o traço distintivo da vida racional; uma grandiosa incerteza é a caracteristica marcante da vida espiritual. Ter a certeza de Deus significa que estamos incertos em todos os nossos caminhos, e admitimos não saber o que cada dia nos poderá trazer. Isso, em geral, é dito com suspiro de tristeza, contudo deveriamos dize-lo com uma expressão de maravilhosa expectativa. Estamos incertos quanto ao passo que daremos a seguir, mas estamos certos de Deus. Tão logo nos entregamos a Deus e cumprimos o dever mais imediato, ele passa a cumular nossa vida de surpresas o tempo todo. Quando nos tornamos defensores de uma crença, alguma coisa morre; não acreditamos em Deus, acreditamos apenas em nossa crença a respeito dele. Jesus disse: ¨Se vos... tornardes como crianças.¨A vida espiritual é como a vida de uma criança. Não estamos incertos quando a Deus, mas incertos quanto ao que Ele vai fazer em seguida. Se estivermos certos apenas de nossas crenças, nos nos tornaremos arrogantes e rigorosos, e seremos inflexíveis em nossas opiniões; mas, quando estamos corretamente relacionados com Deus, a vida se enche de expectativa e de uma espontanêa e alegre incerteza.
¨Credes também em mim¨,disse Jesus:ële não disse: ¨Acreditai em certas coisas a meu respëito. ¨Deixamos tudo com Ele; a maneira como Ele agirá é gloriosamente incerta, mas Ele agirá.
Permaneçamos leais a Ele.
Por Pastora Edna Ruiz.

2 comentários:

ALFJr. disse...

Pastora obrigado pelo texto, concordo com o conteúdo - o signifcado vai na contra mão da lógica religiosa "triunfalista" tão disseminada hoje no altar da Igreja de Deus.

Sempre que quiser enviar um texto, ele será publicado com prazer.

Abração, e mais uma vez, obrigado.

Paulo Cruz (PC) disse...

Obrigado pela visita em meu Blog, Alf.

Volte sempre!

Abraço e Paz,
PC